Textos - Morgan da Motta

Resumo 2015 - Destaques maiores

 

Hoje, como fazemos há 50 anos, eis aí os DESTAQUES 2015 das ARTES VISUAIS. Sem dúvida, um excepcional recorte em termos dos principais eventos de nossa BH...

... em termos de individuais...por sua vez, Mauro Silper foi destaque com suas individuais no Espaço Cultural Vallourec e na Galeria da Câmara dos Deputados. Com suas acrílicas sobre cartão e telas, ele está pronto para representar o Brasil nas principais bienais internacionais do país e da Europa.

Sobre a exposição “Intracenas”

Recomendamos com entusiasmo e lembramos: depois de sua mostra do primeiro semestre e, agora através da presente, Mauro Silper se estabelece de fato como um nome conceituado do núcleo representativo da arte contemporânea mineira.

About exhibition “Intracenas”

We recommend with enthusiasm and remind you: after his art show in the first semester, and now with the present one, Mauro Silper has established himself as a conceptualized name of the representative center of Minas Gerais’  contemporary art.

 

Sobre a exposição “Paisagem Compartilhada”



Mauro Silper apresenta a Série Vertentes na qual a paisagem natural é concebida através dos fragmentos de lembranças, pinçados de algum lugar da memória recente ou já distante no tempo.


Sua pintura mescla realidade e suposição, sendo dirigida ao espectador com voz particular, com intimidade poética. Com leveza no traço e riqueza nos detalhes, o artista representa as várias vertentes da paisagem montanhosa, ora incorporando elementos arquitetônicos, ora trazendo elementos etéreos como a percepção do vento fluindo sobre o campo.


Silper cria possibilidades de interação entre urbanidade e natureza, leveza e vigor culminando num vértice de recomposição da linguagem, que representa a verdadeira confluência do pensamento plástico ancorado na simbologia das montanhas.


Morgan da Motta
Jornalista e Crítico de Arte, membro da Associação Brasileira de Críticos de Arte (ABCA) e da Associação Internacional de Críticos de Arte (AICA)

About exhibition “Paisagem Compartilhada”

Mauro Silper presents the Série Vertentes in which the natural landscape is conceived through fragments of memories, pinched somewhere in the recent memory or already distant in time.

His paintings blend reality and supposition, being directed to the viewer with private voice and poetic intimacy. With lightness and richness in details, the artist depicts various aspects of mountain scenery, sometimes incorporating architectural elements, sometimes bringing ethereal elements like the perception of wind flowing over the field.



Silper creates possibilities for the interaction between urbanity and nature, lightness and vigor culminating in a summit of language recomposition, which represents the true confluence of the artistic thought anchored in the symbology of mountains. 



Morgan da Motta
Journalist and art critic, a member of the Association of Art Critics (ABCA) and the International Association of Art Critics (AICA)

By Sr.Site                                                             Copyright Mauro Silper    2013 - 2018      All rights reserved.